Esporte: A primeira faixa do Karatê ninguém esquece

680
8979
Fotos: Dermeval – Portal da Transparência | Gov de Condeúba

A emoção e orgulho tomaram conta dos familiares, alunos, mestres e público presente nas dependências da Escola Tranquilino Tôrres, em Condeúba, na manhã do último domingo (10). O exame de faixas para os caratecas da cidade, realizado em um dos pátios da escola, reuniu um grande número de pessoas que acompanharam de perto a primeira avaliação dos alunos comandados pelo mestre Josué Oliveira. O evento contou com a presença de várias autoridades, entre elas, o prefeito Guto Ribeiro e a secretária de Ação Social, Ângela Cruz. No total foram 48 graduandos avaliados por seis faixas-pretas, todos ex-alunos do Sensei Jesuíno Coutinho, homenageado durante o evento e precursor do esporte na cidade.

Com participantes a partir dos três anos de idade, a maioria passava pela primeira avaliação, que consiste na mudança da faixa branca para a faixa cinza. E os atletas fizeram bonito quando foram colocados à prova. Cinco jurados deram as notas envolvendo diversos critérios, como postura, execução dos movimentos e perfeição dos golpes, entre outros, todos conduzidos de forma competente pelo Sensei Josué Oliveira, que retomou as atividades do karatê em maio de 2015.

O projeto que começou de maneira tímida, passou a contar com o apoio da Secretaria de Ação Social e já começa a produzir os primeiros resultados. O exame de faixas é o reconhecimento pela dedicação e evolução dos alunos no aprendizado dos exercícios e golpes que envolvem o karatê, além de ser um incentivo aos praticantes nesse primeiro momento. “É um momento em que o aluno cresce na graduação, porém aumenta sua responsabilidade. Ele é observado e cobrado dentro e fora do dojo (local onde se treina as artes marciais)”, lembrou um dos senseis avaliadores.

Fonte: condeuba.ba.gov.br

680 COMMENTS

Deixe uma resposta